8 dicas para aproveitar ao máximo o uso das palavras-chave no AdWords

A Melhor Propaganda/Google AdWords

Você fez uma pesquisa detalhada por palavras-chave, e você sabe quais palavras-chave são valiosas para sua empresa ou cliente – certo?
Uma vez que você identificou as palavras-chave corretas para suas campanhas do AdWords, como obter o máximo retorno delas?
Se você é uma agência de gerenciamento de AdWords ou um negócio local, com certeza quer alcançar o melhor Índice de qualidade, criar valor através de suas ofertas e colocar as pessoas clicando! Aqui, estão oito dicas essenciais para maximizar o valor de suas palavras-chave do AdWords:

1. Use a palavra-chave no seu anúncio

Sim, isso pode parecer óbvio, mas a verdade é que muitas pessoas não incluem a palavra-chave em cada anúncio. Pode ser fácil ficar preguiçoso com a cópia do anúncio e não criar anúncios que atraem indivíduos que usem consultas de pesquisa específicas. Mas se um pesquisador estiver procurando por “fábrica de portões”, então o anúncio deve conter “fábrica de portões”, no título.
Por quê? Como o usuário tem muito mais chances de clicar no anúncio, e o Google verá o anúncio como mais relevante. Isso significa que suas taxas de cliques irão aumentar (CTR), consequentemente o Índice de qualidade também e, portanto, é mais provável que você reduza consideravelmente o seu custo por clique. Veja no exemplo abaixo:

2. Obter o máximo de segmentação

Para seguir o aconselhamento acima, você precisará organizar bem as suas campanhas do Google AdWords.
Isso significa que você deseja campanhas segmentadas e grupos de anúncios que sejam mais específicos de acordo com as pequenas variações das palavras-chave que você irá utilizar.
Supondo que você esteja divulgando duas palavras-chave como, por exemplo: “armário de 8 portas” e “armário de 2 portas”. Crie dois grupos de anúncios diferentes.

Você pode dizer: “Bem, por que não usar a inserção dinâmica de palavras-chave e economizar toneladas de tempo?” Não é uma má ideia, e muitos dirão que é a solução perfeita para cenários como este.
Porém, na nossa experiência, gastar um pouco mais de tempo para separar os grupos de anúncios é mais eficaz para acompanhar o CPC (custo por clique) e melhorar o desempenho dos anúncios. Também é muito mais fácil analisar quais palavras-chave estão superando as demais.
Quantas palavras-chave você deve ter por grupo de anúncios?
Quanto mais segmentado você conseguir, melhor será. Uma palavra-chave por grupo de anúncios pode nem sempre ser viável, mas é ideal. Com palavras-chave de alto volume que também são de grande valor para sua empresa, é uma boa ideia adaptar sua mensagem tanto quanto possível às suas palavras-chave, e isso às vezes significa que uma palavra-chave é sua melhor opção.

3. Personalize sua página de destino

Quer pontuações de alta qualidade? Crie um bom modelo de página de destino (Landing Page), copie-o e simplesmente modifique seu uso de palavras-chave para as pequenas mudanças nos grupos de anúncios.
Certifique-se de acertar os seus objetivos de acordo com o público-alvo que você deseja atingir.
Mais uma vez, isso ajudará seu Índice de qualidade, melhorando a percepção do Google sobre sua página.
Também irá melhorar as taxas de retorno de investimento e o tempo de permanência na página.
Esse é um processo simples e muito utilizado na maioria dos sistemas de gerenciamento de conteúdo. Você pode duplicar a página e o formulário e simplesmente ajustar a cópia.
Ajustar a cópia para identificar os principais atrativos que se destacariam, e que vão de encontro às necessidades específicas de cada cliente, pode aumentar significativamente as taxas de conversão.

4. Teste, teste e teste um pouco mais

Um anúncio? Não. Tenha pelo menos dois anúncios por grupo de anúncios, depois teste a cópia.
Tente testar a cópia do anúncio que destaca um benefício (conforto, estilo, etc.), uma cópia de teste que destaca uma oferta (20% de desconto, frete grátis, etc.), uma combinação de ambos e talvez de outra coisa.
Isso permite que você determine o que os pesquisadores acham mais atraente dentro desse grupo de anúncios, e você pode continuar a modificar e testar a partir daí.

Ocasionalmente, tente testar com diferentes conversões nas mesmas palavras-chave, por exemplo, o recebimento de um formulário de contato, ou uma inscrição de newsletter.
Independentemente disso, o teste é extremamente importante para melhorar continuamente as campanhas de AdWords.
Esteja aberto para alterar as ofertas de conversão se você não estiver vendo um bom resultado. Talvez suas ideias sobre onde alguém está no funil de vendas estejam ligeiramente desligadas e você poderia ter uma melhor conversão.

5. Encontre as palavras-chave que mais convertem

Isso às vezes pode ser a parte mais difícil da sua campanha do AdWords. Compreender que cada consulta de pesquisa tende a significar que um indivíduo teve uma intenção de pesquisa ligeiramente diferente é crucial para converter em taxas mais elevadas.
Por exemplo, entendendo quando as palavras-chave estão no inicio do funil de vendas e empurrando mais ofertas de (topo de funil), recebimento de um formulário de contato, ou uma inscrição de newsletter pode ser muito mais eficaz do que tentar obter essas pessoas para a compra de um produto.

6. Escolha o melhor lance para a sua palavra-chave

Definir lances de nível de grupo de anúncios é ótimo, mas quando você faz uma análise mais profunda em seus grupos de anúncios, especialmente os maiores com uma quantidade razoável de palavras-chave, é importante ter certeza de que seus anúncios estejam aparecendo nas melhores posições.
Você pode achar que termos similares podem ter lances muito diferentes, o que significa que você não deve determinar o mesmo lance para cada palavra-chave, mas deve ser otimizado para tentar obter a posição com melhor retorno de investimento, ou seja, a posição que esteja gerando o menor custo por conversão.
O uso de lances manuais o forçará a monitorar suas campanhas de forma muito mais próxima, mas provavelmente permitirá que você mais flexibilize o seu custo por conversão ao encontrar o ponto positivo com o seu posicionamento.

7. Inserir palavras-chave negativas

Mais uma vez, qualquer pessoa com experiência no AdWords sabe o quanto isso é importante, mas não podemos deixar esse item fora da lista.
Se você já iniciou uma conta do zero e acessou o relatório de termos de pesquisa do AdWords, deve ter ficado impressionado com a quantidade de cliques irrelevantes que seus anúncios receberam.
É por isso que você deve dedicar um tempo para fazer uma extensa pesquisa de palavras-chave negativas antes do lançamento de uma campanha de AdWords e monitorá-la de perto principalmente nas primeiras 48 horas.
Utilize a biblioteca compartilhada para criar listas de palavras-chave negativas que você pode aplicar ou retirar de campanhas específicas.
Isso permitirá um melhor gerenciamento das campanhas recém-criadas, mas também facilitará a adição de novas palavras-chave negativas.

8. Use correspondência de palavras-chave ampla modificada

A correspondência de palavras-chave ampla modificada é ótima opção porque permite que você encontre novas palavras-chave, de uma forma mais controlada sem abrir as portas loucas do Google.
Ela permite que você preencha a lacuna entre a correspondência de frase e a correspondência ampla.
Depois de ter identificado termos de conversão ou novos termos relevantes, você pode começar a adicioná-los como correspondência exata ou de frase nos grupos de anúncios apropriados.

Tal como acontece com a correspondência ampla, a correspondência ampla modificada precisa ser cuidadosamente considerada e facilitar o gerenciamento de palavras-chave negativas. Equilibrar o fluxo de tráfego de termos relevantes pode ser um pouco complicado, mas a correspondência ampla modificada oferece um controle maior e proporciona um resultado mais eficaz. Conforme ilustração abaixo:

Deixe um comentário